E a barca continua afundando

E a barca continua afundando

15/03/2020 0 Por ESPORTESNET

Corinthians empata em casa e se complica ainda mais

O Corinthians alongou seu jejum, agora para seis partidas sem vencer no Campeonato Paulista, e complicou ainda mais a missão de buscar uma vaga às quartas de final.

Neste domingo, na Arena vazia devido a precaução pelo Coronavírus, o Timão ficou apenas no empate por 1 a 1 com o Ituano, pela 10ª rodada.
No ataque, a tarde não foi para Mauro Boselli.

O argentino desperdiçou três oportunidades claras de gol e acabou substituído no segundo tempo.

Curiosidade

O empate marcou o jogo de número 200 do Corinthians na Arena. O retrospecto agora é de 123 vitórias, 54 empates e 23 derrotas.

Classificação

O resultado na Arena garantiu as classificações antecipadas de São Paulo e Bragantino.

Corinthians e Ituano seguem com chances, mesmo que cada vez mais remotas.

O alvinegro é o terceiro do Grupo D, com 11 pontos. O Ituano é o último no Grupo C, com 10 pontos. As duas equipes lutam contra o rebaixamento neste momento. 

Próximos jogos

A duas rodadas do fim da primeira fase, o Corinthians tem pela frente Palmeiras (casa) e Oeste (fora).

O Ituano pegará a Ferroviária (casa) e Santo André (fora).

As datas ainda são incertas devido a iminente paralisação da competição por causa das medidas de prevenção ao Coronavírus.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 1 X 1 ITUANO

Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Data: 15 de março de 2020, domingo
Horário: 16h (de Brasília)

Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza
Assistentes: Marco Antonio de Andrade Motta Junior e Herman Brumel Vani

Cartões amarelos: Pedro Henrique (COR); Pacheco, Léo Duarte, Paulinho Dias e Breno Lopes (ITU)

Público e renda: Não foi permitida entrada de torcedores.

GOLS:

Corinthians: Luan, aos 47 minutos do 1T.
Ituano: Breno Lopes, aos 15 minutos do 1T.

CORINTHIANS: Cássio, Fagner, Pedro Henrique, Gil e Carlos; Cantillo (Araos), Camacho e Luan; Everaldo (Janderson), Yony González e Boselli (Love).
Técnico: Tiago Nunes

ITUANO: Edson; Pacheco, Léo Rigo, Suéliton e Breno Lopes; Baralhas, Marcos Serrato e Paulinho Dias; Yago (Luizinho); Gabriel Taliari (Luiz Paulo) e Minho (Léo Duarte).
Técnico: Vinicius Bergantin

Fonte: Gazeta Esportiva