Corinthians começa a se movimentar para definir novo treinador

Corinthians começa a se movimentar para definir novo treinador

04/11/2019 0 Por Gustavo Neri

Andrés Sanchez e seus auxiliares, começam a discutir nomes e valores para o novo treinador

Passada a demissão de Fabio Carille, o Corinthians já começa a analisar o mercado em busca de um novo treinador. Nessa segunda-feira, a alta cúpula alvinegra irá se reunir para debater, primeiramente, qual caminho seguir: esperar até o fim do ano para investir ou ir à procura de um profissional que chegaria com a missão de classificar a equipe à Copa Libertadores do ano que vem e dar sequência em 2020.

No radar do Corinthians existem algumas prioridades. Tiago Nunes, atualmente no Athletico-PR, desponta como o favorito da diretoria, entretanto, sua situação é um tanto quanto complicada. Sylvinho, que já foi auxiliar técnico do Corinthians, é outro candidato. Até mesmo Dorival Jr e Renato Gaúcho aparecem na lista de opções do Timão.

Uma possibilidade menos viável é a vinda de um estrangeiro. Embora a diretoria não trabalhe com qualquer nome do exterior, o sucesso recente de Jorge Jesus no Flamengo e Jorge Sampaoli no Santos faz com que a ideia não seja completamente descartada pelos lados do Parque São Jorge.

Quarta, contra o Fortaleza, em Itaquera, Dyego Coelho será o interino. No sábado, contra o Palmeiras, no Pacaembu, o clube pretende já ter uma definição sobre o sucessor de Carille.

Jogadores do Flamengo comemoram um dos gols na goleada por 4 a 1 sobre o Corinthians

Principal Alvo

Campeão da Copa Sul-Americana e atual campeão da Copa do Brasil com o Athletico-PR, Tiago Nunes é o nome que mais agrada ao Corinthians para a próxima temporada.

O problema é que Tiago Nunes pretende cumprir seu contrato com o Furacão, que vai até o fim de 2019. Em ótimo momento na carreira, valorizado, o treinador promete analisar propostas ao término do Brasileirão.

Tiago Nunes vê a oportunidade de trabalhar no Corinthians com bons olhos. Aos 39 anos, o jovem treinador sabe que comandar o Corinthians pode alavancá-lo a um patamar completamente novo em sua carreira.

O problema é que o Corinthians quer e precisa da vaga na Libertadores. A falta de confiança em Fabinho, auxiliar da comissão técnica permanente, e Dyego Coelho, treinador do Sub-20, tornam a decisão de esperar até as férias improvável por isso.

Tiago Nunes só será o técnico corintiano em 2020 se a diretoria alvinegra mudar os planos na reunião dessa segunda. 

Nomes como: Sylvinho, Dorival Júnior e até mesmo Renato Gaúcho (segundo o ex goleiro corintiano, Ronaldo Giovanelli), são analisados pela diretoria, mas sem tanta força.