Clube português teria que ressarcir alta quantia para liberar Jorge Jesus

Após a derrota do Benfica contra o Porto, a situação de Jorge Jesus ficou ainda mais delicada. Mesmo assim, o técnico, de acordo com o jornal “O Jogo”, sequer cogitou repensar sua situação no clube. Dessa forma, a decisão acabou causando surpresa nos bastidores do clube, já que o Flamengo está interessado no ‘Mister’. Por conta disso, a tendência é que o português siga à frente da equipe no próximo clássico diante dos Dragões, mas a partida pode ser sua despedida.

No momento, o Benfica aguarda que Jorge Jesus peça demissão. O cenário faria com que a diretoria poupasse cerca de 2 milhões de euros (R$ 12.8 milhões), valor referente ao salário que o treinador possui direito a receber até o fim do contrato. Apesar da crise estabelecida nos bastidores, tendo em vista o assédio do Flamengo, o comandante do time segue firme em sua postura, não abdicando de deixar o cargo.

“Internamente é reconhecida a falta de química entre os jogadores e a equipe técnica. A falta de qualidade das exibições e os resultados com os dois rivais encheram a paciência dos dirigentes“, diz o veículo.

Agora, a tendência é que Jorge Jesus, de fato, seja mantido até o dia 30. Pressionado, o técnico precisa de um resultado positivo no clássico para não ser desligado. Como o cenário é bastante provável, Nélson Veríssimo, que treina a equipe B do Benfica, já estaria sendo preparado para assumir o elenco principal de forma interina. Sendo assim, a saída tem chances de ser confirmada na próxima semana e o Flamengo segue aguardando pacientemente.

Deixe seu comentário