COB prevê uma melhor campanha em Paris do que em Tóquio

Presidente do COB fez declaração durante visita os Jogos Universitários

De passagem pela 68ª edição dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBS), neste sábado (16) em Brasília, o presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Paulo Wanderley, afirmou que a meta dos atletas do Brasil na Olimpíada de 2024 (Paris) é superar o desempenho dos Jogos de Tóquio.

Na capital japonesa, o país alcançou 21 medalhas (7 ouros, 6 pratas e oito bronzes).

“O resultado foi ótimo, mas queremos fazer melhor. Temos sempre que avançar. Recuar nem para dar impulso”, brincou o dirigente, lembrando que colaboradores da entidade já fizeram duas visitas à França para checar locais de treinamento, possíveis cidades para aclimatação e montagem da base principal.

“É uma preparação que envolve muita antecedência, mas nada foi mais desafiador do que enfrentar a pandemia. Tivemos que refazer tudo”, afirmou.

Sobre os JUBs, Paulo lembrou que participou da competição como judoca e que, em 1974, quando presidente da federação universitária capixaba de esportes, organizou o jubileu de prata (25ª edição) dos jogos em Vitória.

“Sinto-me em casa, mas os JUBs são uma competição consistente e com décadas de realização, e importante na implementação e na divulgação do esporte, consolidada como uma referência”, concluiu.

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.