Nó Tático: Faltou bom senso com Sidão

Nó Tático: Faltou bom senso com Sidão

Sidão, jogador do Vasco passou por um episódio ridículo proporcionado pela TVG

Trabalhei com Sidão, no querido Clube Atlético Taboão da Serra (CATS). Equipe que tinha Ralf (atualmente no Corinthians), o grande Pedro Rocha (Ex-São Paulo, Peñarol) como diretor de futebol, meus amigos João Valim e Pedro Rocha Jr (treinador) na comissão.

Anderson Nóbrega, atual presidente do clube, era um dos zagueiros. Sidão cresceu no meu bairro, Parque Pinheiros, em Taboão da Serra (SP). Sempre íamos bater uma bola no velho campo do Inocoop ou no Campo do “Baia”, ambos não existem mais.

Sidão é gente boa, tem caráter, lutou muito para testar onde esta. Sei disso, vi isto, quando o vi no Audax em 2016, estava transmitindo um jogo e tive que dar um abraço neste querido amigo.

Convivemos pouco, mas acompanhei sempre sua carreira. Concordo que não é o maior goleiro do planeta. Mas é um grande profissional.

O papel da TVG com Sidão na transmissão de Santos 3 X 0 Vasco foi ridículo. A repórter em uma saia justa terrível. Mas a grande questão não é os torcedores no momento de euforia usarem a enquete como piada e crítica. O grande escárnio foi a coordenação da transmissão levar a público e expor o profissional ao ridículo.

Faltou bom senso, deveriam ter feito uma votação com os comentaristas e colocado como vencedor para não criar esta saia justa horrível.

Quando se quer criticar coloque-se no lugar do outro. Imagine dizendo para a pessoa a sua crítica. Pense na pessoa e na questão profissional para realizar a crítica. A internet esta criando uma geração de pessoas que acham que não há limite para a falta de respeito e violência, a cultura do ódio pelo ódio não pode e não deve continuar.

Devemos aprender a ter respeito, avaliar e ponderar, antes de criticar. Sidão, meu amigo, estamos juntos.

Momento patético da TVG durante a transmissão
Presidente do CATS, clube pelo qual Sidão foi campeão paulista em 2004 manifestou apoio nas redes sociais.