Verstappen e a vitória do esporte

Verstappen e a vitória do esporte

O esporte a motor teve uma importante vitória para os fãs de fórmula 1, verstappen foi muito bem na Áustria

O Grande Prêmio da Áustria foi marcante. Não foi uma das maiores corridas da história, mas sem dúvida foi marcante.

Em uma temporada com amplo domínio da Mercedes, onde ainda considero Hamilton amplo favorito ao título, a Fórmula 1 viu algo diferente.

Vimos uma Mercedes com Bottas como sempre sem sal e sem graça. E Hamilton com alguns problemas deixaram a corrida mais interessante.

Leclerc, muito talentoso, dominou todos os treinos, largou na pole e dominou praticamente a corrida toda, eu disse, praticamente.

Mas havia Verstappen, filho do limitado Jos, o holandês que encanta por seu arrojo na Fórmula 1, largou em segundo, caiu para sétimo.

Corrida perdida diriam alguns, nem tanto.

Verstappen mostrou que na casa da Red Bull ela tem que falar mais alto e não é que o casamento Red Bull/Honda mostrou seu valor?

Verstappen começou uma escalada impressionante e há três voltas do fim ultrapassou Charles Leclerc e levou o motor japonês a sua primeira vitória desde seu retorno a Fórmula 1.

Mais uma mostra de que Alonso acabou com a paciência da McLaren e não aguardou a competência japonesa que com a Red Bull parece ter encontrado o que buscava.

Mas abrindo um parenteses, a McLaren com Lando Norris fez uma excelente corrida, dentro das limitações do chassi inglês.

Mas voltando a disputa Leclerc e Verstappen, foi uma linda briga pela vitória, justa e com um toque de corrida, mas que a FIA tentou estragar.

Ao final da prova, devido ao toque, colocou a prova sob investigação, por considerar a manobra temerária, o que no fim não deu em nada. 

Vitória de Verstappen e vitória do esporte a motor, tantas vezes sendo enrolada pela FIA que estragou tantas corridas, desta vez prevaleceu o talento e a luta justa.