Supremacia americana: Os Estados Unidos vencem a Copa do Mundo

Supremacia americana: Os Estados Unidos vencem a Copa do Mundo

07/07/2019 0 Por Thais Nogueira

Experiente em finais, os Estados Unidos garantiram mais um título. A Holanda, atual campeã europeia, ficou com o vice-campeonato.

O trofeu da Copa do Mundo Feminina vai permanecer em casa. Os Estados Unidos defenderam o título e terminaram com o tetracampeonato. O público de mais de 60 mil pessoas no Stade de Lyon, na França, presenciou a vitória americana por 2 a 0 em cima das holandesas.

História do jogo:

O primeiro tempo foi caracterizado pela ofensiva norte-americana e a marcação holandesa. Megan Rapinoe, craque do elenco estadunidense, recebeu uma atenção especial por parte das rivais. Muito marcada, ela não foi exatamente a jogadora decisiva dos jogos anteriores.

Mesmo assim, no pouco espaço que teve, saíram dos pés dela cruzamentos precisos que quase resultaram em gol. A goleira Van Veenendaal trabalhou bem e evitou que as americanas conseguissem vantagem ainda no primeiro tempo.

A Holanda passou boa parte do tempo recuada, neutralizando as investidas adversárias e explorando o contra-ataque. Bem organizada, a defesa americana só foi ameaçada nos minutos finais da primeira etapa. Ambas as equipes foram para o intervalo sem marcar gols.

A vitória americana começou a ser construída aos 17 minutos do segundo tempo. Alex Morgan sofreu pênalti e Megan Rapinoe cobrou, abrindo o placar para os Estados Unidos.

A Holanda ainda foi em busca do empate. Com destaque para a jogada de Vivianne Miedema. A atacante driblou três adversárias, mas demorou para chutar e acabou sendo travada pela zaga americana.

Com o espaço cedido pelas holandesas, sobrou para Rose Lavelle decretar a vitória para as estadunidenses. Aos 23 minutos, ela chutou de fora da área e fechou o placar em 2 a 0.

A supremacia americana:

Com o título de hoje, o quarto da história dos Estados Unidos, o país de isola como o maior campeão mundial do futebol feminino. Logo atrás vem a Alemanha com dois, além de Noruega e Japão, que ostentam um troféu cada.

A próxima edição da Copa do Mundo Feminina será em 2023, ainda sem sede definida. Vários países, incluindo o Brasil, entraram na disputa para sediar o evento. O anfitrião será divulgado pela FIFA apenas no ano que vem.

Foto: Reprodução / Twitter Team USA / @teamusa