Palmeiras faz o simples, vence Internacional em casa e atinge marca histórica

Palmeiras faz o simples, vence Internacional em casa e atinge marca histórica

05/05/2019 0 Por admin
O Palmeiras enfrentou o Internacional na noite de sábado (4), no Allianz Parque, e saiu vencedor. O Verdão fez o seu dever de casa e vencer o Colorado por 1 a 0. Deyverson foi o autor do tento palmeirense.

Além de faturar três pontos e assumir provisoriamente a liderança do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras atingiu uma marca histórica: 26 jogos sem perder na competição nacional. Esse recorde era exclusivo daquele time palestrino que encantou o Brasileiro em 1972 e 1973, conhecido como Segunda Academia.

Já o Internacional, com a derrota, figura na parte de baixo da tabela, com três pontos em nove possíveis. Embora já esteja garantido na próxima fase da Libertadores e em primeiro de seu grupo, o time vem encontrando dificuldades para ganhar de equipes da Série A do Brasileirão: até agora foram seis jogos e apenas uma vitória (contra o Flamengo, no Beira-Rio).

O jogo

Mais de 30mil pessoas esperavam um grande duelo entre Palmeiras e Inter, até por se tratar de um clássico nacional. A bola rolou e as expectativas pareciam se concretizar.

O Palmeiras atacava pelos lados e sufocava o Inter, que não conseguia passar do meio de campo e falhava muito defensivamente. Esses erros complicaram o Colorado de vez aos 13 minutos do primeiro tempo. Dudu cobrou escanteio e Deyverson estava livre na pequena área para marcar.

Depois do gol alviverde, a primeira confusão se iniciou. Guerrero se estranhou com Dudu e empurrou o camisa 7 no chão. Felipe Melo veio tomar as dores do companheiro e quase foi para cima do peruano. Amarelo para os dois envolvidos.

O Palmeiras recuou sua marcação após o tento, embora estivesse vencendo apenas por um placar mínimo. Isso fez o Inter ganhar terreno e volume de jogo. Weverton, antes um mero espectador, precisou trabalhar e botar o reflexo em dia para evitar o gol de Nico López.

Se o primeiro tempo o jogo não empolgou aos presentes, o segundo foi menos animador ainda. Embora tivesse 60% de posse de bola nos últimos 45 minutos, o Internacional não sabia o que fazer com ela. Faltava acertar a finalização, envolver o adversário com passes na área e não se afobar.

Já o Palmeiras estava recuado, na espera de um contra-ataque para matar o jogo. E ele veio aos 42 minutos do segundo tempo, quando Hyoran, após bate e rebate dentro da área, perdeu um gol incrível. Não havia goleiro na meta colorada e mesmo assim ele isolou. Porém, isso não comprometeu o Palmeiras, que conseguiu sua segunda vitória em três jogos.

Zona Mista

Guerrero (Inter): “Acho que fizemos um grande jogo. O Palmeiras teve chance no gol de escanteio. Dominamos, fomos muito superiores. Infelizmente tomamos o gol de escanteio. É difícil jogar contra 12 jogadores. São 11 do Palmeiras mais o juiz. Incrível”.

Dudu (Palmeiras): “Nosso desempenho no Brasileiro está bom. Se conseguirmos ganhar em casa e empatar fora, podemos ganhar o título”.

Odair Helmann (Inter): “A gente falou muito sobre bola parada, trabalhou. Mas mesmo assim o Deyverson tem um potencial de cabeceio grande e tem uma grande impulsão e é muito difícil tirar essa qualidade dele”.

Moisés (Palmeiras): “Gostei da minha atuação, fui bem. Poderia ser melhor em algumas jogadas, mas creio que fui bem”.

Ficha técnica – Palmeiras 1 x 0 Internacional

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)

Data: 04/05/2019 (sábado)

Horário: 19h (de Brasília)

Público: 31.549

Renda: R$ 1.952.668,00

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (FIFA-RJ)

Assistentes: Fabio Pereira (TO) e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ)

Gol: Deyverson, 1T, 13′

Cartões amarelos: Felipe Melo e Marcos Rocha (Palmeiras); Victor Cuesta, Sarrafiore, Guerrero, Edenílson e Zeca (Internacional)