Neymar: mimos, birras e não falamos do futebol

Neymar: mimos, birras e não falamos do futebol

Mais uma vez Neymar é manchete no noticiário e não pelo seu indiscutível talento e sim por sua falta de profissionalismo

O que dizer de Neymar? Alguém questiona o futebol dele? Não

Mas é inegável que ao contrário de outros atletas, suas birras e mimos influenciam e muito sua carreira profissional.

Não dou a mínima com quem ele anda, o que ele faz em sua residência, se tem luxo ou não. 

Mas como quem admira futebol, o grande problema com Neymar é que suas questões extra-campo influenciam e muito sua carreira profissional.

Ao contrário de Romário, Edmundo, Batistuta, César Maluco, Sócrates, só para citar alguns, que tinham personalidades fortes, mas seus desempenhos em campo nunca foram prejudicados como acontece com Neymar.

Mimado, é o que mais se houve sobre Neymar

Seu “Staff” (palavra da moda para os jogadores pop star) é uma bagunça. Primeiramente por seu pai, arrogante, e que trata Neymar como um garotinho burguês de 10 anos.

Neymar decide tudo batendo o pé e chorando.

Foi para o PSG, uma escolha errada, do ponto de vista de carreira, com todo respeito, o PSG é uma Portuguesa de pai rico. Para alguém do quilate de Neymar não precisava.

Com o futebol que ele possui, o dinheiro, o oceano de dinheiro que ele ganha no PSG ele pode ganhar em ações de marketing e em clubes maiores.

Neymar só entra nos noticiários por lesões, confusões, discussões e declarações de seu “staff”.

Neymar não é mais criança ha muito tempo, já esta na ultima “perna” da carreira e precisa provar a que veio, já não se aguenta mais ouvir a expressão: “Este ano será o ano do Neymar”

E nunca é…parece que nunca chega este ano milagroso.

Agora ele quer vencer o PSG pela birra para conseguir ir, talvez, para o Barcelona. Uma novela chata e sem fim.

O sheik do Catar, dono do PSG, não olha a questão por necessidade de grana, questão óbvia. 

É certo que o namoro Neymar e PSG chegou ao fim.

Agora é claro que isto não ira acontecer, o atleta precisava se rever como profissional, deixar de se fazer de vítima, de ouvir o papai, e tocar sua carreira pra valer, senão, infelizmente será um grande jogador marcado por bagunças do que por futebol praticado. 

Ou será que Neymar se tornou uma aposta de luxo?

Deixo para o internauta responder

C.Gavelle/PSG