Bem-vindo ao Barcelona: Griezmann é o novo reforço blaugrana

Bem-vindo ao Barcelona: Griezmann é o novo reforço blaugrana

12/07/2019 0 Por ESPORTESNET

Campeão do mundo com a França, Antoine Griezmann deixa o Atlético de Madrid e se transfere para o Barcelona.

A janela de transferência dos clubes europeus está mais movimentada do que nunca. Hoje, o Barcelona anunciou a contratação de Antoine Griezmann.

O atacante francês de 28 anos, que estava no Atlético de Madrid desde 2014, assinou um contrato válido por cinco anos.

O time espanhol desembolsou cerca 120 milhões de euros (mais de 500 milhões de reais) para pagar a multa rescisória do jogador.

Parceria com Messi e Suárez

Griezmann chega ao clube catalão com a esperança de ser a peça que falta no ataque do Barcelona.

Desde que o trio MSN (Messi, Suárez e Neymar) foi desfeito, o treinador Ernesto Valverde ainda não conseguiu encontrar um substituto à altura.

Dembelé e Coutinho revezam na posição, mas sem muito sucesso.

De Madrid à Barcelona

Griezmann defendeu o Atlético de Madrid por quatro temporadas e conquistou os seguintes títulos: Super Copa da Espanha, Super Copa da UEFA e Liga Europa. Foram 133 gols em 257 partidas.

Apesar do status de ídolo do time colchonero, ele sai pelas portas do fundo. É que o francês forçou a sua saída para o rival.

Na semana passada, ele já dava como certa a sua ida ao Barcelona e nem sequer compareceu à reapresentação do Atlético, mesmo ainda fazendo parte do elenco madrilenho. O ato não foi visto com bons olhos.

Ainda há espaço para Neymar…?

A chegada do francês revela mais um capítulo para a ‘novela Neymar’.

Primeiro por causa do aumento da concorrência no ataque. Griezmann não vem para ser reserva. E Neymar também não aceitaria tal condição.

E segundo, por conta do fair play financeiro, dificilmente o Barcelona ultrapassaria o limite de gastos permitido para trazer o brasileiro.

A opção que resta é realizar uma troca. O clube espanhol estaria disposto a ceder alguns de seus jogadores em troca de Neymar. Só que por enquanto, o PSG se mostra irredutível.

Foto: Reprodução twitter FC Barcelona / @fcbarcelona