Alonso bate em Indianapolis e esta ficando longe da Tríplice Coroa

Alonso bate em Indianapolis e esta ficando longe da Tríplice Coroa

Fernando Alonso esta tendo dificuldades com sua McLaren/Carlin para se classificar as 500 milhas de Indianapolis

Ele não esconde de ninguém sua obsessão pela tríplice coroa. Fernando Alonso a esta buscando como nunca.

No WEC, ele sobra na liderança, já venceu em Le Mans e em Mônaco, mas o bicampeão mundial de Fórmula 1 Fernando Alonso não esta tendo vida fácil na Indy.

Se em 2017 Alonso flertou com a liderança nas 500 milhas, este ano a coisa esta bem diferente. O carro mudou, e ao contrário de 2017 quando ele tinha a equipe Andretti, com chances de vitória, com a Carlin a coisa mudou, para pior.

Dificuldades nos treinos

E isso não se refere apenas aos treinos livres até aqui realizados, mas também a eles. Até agora, por exemplo, o time sofre para se colocar no top-20 com um dos quatro carros e Alonso nem entre os três primeiros ficou no dia inicial.

No TL1, Alonso teve alguns pequenos problemas, andou pouco, mas viu que o carro já não era essas coisas. No TL2, foi tentar tirar o atraso, era quem mais voltas havia completado, mas aí bateu. E lá se foi quase um dia inteiro de atividades. Para quem não anda faz tempo, uma diferença tremenda. 

Alonso não esta tendo vida fácil
Clube seleto

Para se ter uma ideia do tamanho do feito que busca Alonso, apenas a lenda Graham Hill conseguiu vencer as três maiores provas do automobilismo mundial. No mesmo degrau de Fernando, com duas vitórias, estão: Tazio Nuvolari, Maurice Trintignant, AJ Foyt, Bruce McLaren, Jochen Rindt e Juan Pablo Montoya. O colombiano, aliás, quer também a Tríplice Coroa e anda fazendo as 24 Horas de Le Mans.

Graham Hill, Lotus 49B Cosworth – 4th Lugar em Nurburgring, Alemanha. 03/08/1969
World Copyright – LAT Photographic Ref: 7024