A+ R A-

Chape...sempre em nossos corações

     Quantas emoções

   No dia 27 de novembro de 2016 cheguei cedo ao Allianz Parque para mais uma transmissão pela Rádio ESPORTESNET, naquele dia havia feito minhas pesquisas, meus rascunhos para comentar o possível título do Palmeiras. O time comandado por Cuca iria enfrentar a Chapecoense do querido Caio Jr. treinador que sempre admirei, nunca escondi isto dos meus amigos.

     Montei meu equipamento, à época no 4º andar do estádio. Tudo pronto, estava folgado no horário, fui descer e comer aquele tradicional sanduíche de pernil, ali no Palestrinos...meu reduto. Bem tranquilo retornando percebi chegando alguém, era a Chape, fui até lá para tentar ouvir algo que pudesse auxiliar minhas informações, enriquecer meus comentários.

     Logo vi Danilo, simpático, atendeu toda a imprensa, troquei poucas palavras com ele, perguntei como estava o clima da partida ele caminhando respondeu: “Clima maravilhoso, estamos prontos para um grande jogo”

     Caio Jr passou e logo brinquei: “Saudades do Palestra professor?”, ele riu, mexeu em seus óculos e disse entrando no vestiário: “Esse time mora no meu coração”.

     Voltei a cabine, a transmissão foi excelente, maravilhosa, nunca me esqueci daquele dia.

     Mas chegou o dia 28...acordo com a TV ligada, olhamos e não acreditava, senti um aperto no coração que poucas vezes havia sentido, fui dar aula com lagrimas nos olhos, ouvindo o rádio no ônibus somente me sentia mais triste.

     A Chape havia partido, os guerreiros da simpática cidade de Chapecó haviam completado sua missão neste plano, com o ardor de uma ferida, todos fomos mutilados pela tragédia, famílias foram destruídas pela ganância, pela arrogância que transforma o ser humano em criminoso.

     Crime este que ceifou dezenas de famílias e cravou uma faca em milhões de corações pelo mundo. Fazer o programa ESPORTE MANIA depois foi uma missão daquelas que também não me esquecerei, emocionante, pesado demais, mas foi a forma que encontrei para externar meus sentimentos, mostrar ao mundo minha homenagem.

     Vamos CHAPE, CHAPE eterna em nossos corações.

    Talvez ainda não tenhamos discernimento de compreender a lição que nos ensinaste, mas nossos corações seguem sempre abertos para vocês guerreiros.

 

o time da chapecoense - foto marcio cunha agencia lusa