A+ R A-

Grêmio: Uma aula sobre a Libertadores

 

      O Grêmio sagra-se campeão da Copa Libertadores com total justiça, com todo o respeito, seria um desrespeito ao futebol se um time argentino, de um dos piores campeonatos do mundo, ganhasse o torneio, o valente Lanús apesar de ter feito um jogo épico com o River, não merecia, o Tricolor Gaúcho fez uma Liberta impecável, mérido de Renato Gaúcho por não imbuir seu elenco da mania de espírito de vira lata que domina o futebol tupiniquim em Libertadores e fez com que se criassem "monstros". A história de que é guerra, tem que ter raça, menos com isto, cachorro tem raça também e não disputa nada. Tem que se jogar futebol, o Brasil, suas maiores conquistas foi por se impor e jogar futebol, não por ser covarde e retranqueiro.

     O que o time do sul fez foi se impor do começo ao fim, lógico que não soube fazer o mesmo com tanta eficiência em seus domínios, se perdeu um pouco ao atuar contra a retranca argentina, mas na Argentina, jogou o que se esperava de um time brasileiro bem estruturado, jogou bola, não ficou se enconstando nas místicas sulamericanas para utilizar como resposta pronta.

     O "time de refugos" de Renato é uma máquina bem ajustada, onde o conjunto funciona bem, o talento é bem aproveitado e o resultado foi alcançado. Se este time pode ser campeão mundial, não saberemos até poder acompanhar o torneio, mas seria hipócrita dizer que não há chances para o Grêmio, pois dentro de campo, ao contrário de elencos milionários, tem chances sim.

     Os maiores favoritos ao título nem chegaram perto, tropeçaram em sua desorganização e soberba, se acovardaram contra adversários menores e sem a mesma qualidade, já o Grêmio não, mostrou quem é o grande campeão, quem é o clube bem estruturado, fez valer toda a sua história e investimento em resultados dentro de campo e não somente esperando que a mística da camisa salvasse o clube. Isso não existe, se o trabalho for bem planejado, direcionado, os resultados acontecem.

    E uma justiça foi feita nesta competição: Renato que com o bom time do Fluminense, por se acovardar, perdeu em 2008, aprendeu e com o Grêmio conseguiu conquistar o tri. Merece mais do que ninguém uma estátua em frente a Arena do Grêmio, justiça história merecidissíma. Parabéns Grêmio, parabéns guerreiros tricolores.

 


FICHA TÉCNICA
LANÚS 1 X 2 GRÊMIO

Local: Estádio La Fortaleza, em Lanús (ARG)

Data: 29 de novembro de 2017, quarta-feira

Horário: 21h45 (horário de Brasília)

Árbitro: Enrique Cáceres (PAR)
Assistentes: Eduardo Cardozo (PAR) e Juan Zorrilla (PAR)

Cartões amarelos: Lanús: García Guerreño, Velázquez; Grêmio: Edílson, Jailson, Bruno Cortez, Ramiro
Cartão vermelho: Grêmio: Ramiro

GOLS:

Lanús: José Sand, aos 27 minutos do 2T
Grêmio: Fernandinho, aos 27, e Luan, 41 minutos do 1T

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edílson, Pedro Geromel, Bressan (Rafael Thyere) e Bruno Cortez; Jailson, Arthur (Michel), Ramiro, Luan e Fernandinho; Lucas Barrios (Cícero).
Técnico: Renato Portaluppi

LANÚS: Andrada; José Gómez, Guerreño, Marcelo Herrera (Marcelino Moreno) e Maxi Velázquez (Denis); Marcone, Pasquini, Román Martínez, Alejandro Silva (Rojas) e Lautaro Acosta; José Sand.
Técnico: Jorge Almirón

 

 

Gremio Libertadores 29 nov 2017 Radio ESPORTESNET 001

 

 

Gremio Libertadores 29 nov 2017 Radio ESPORTESNET 002

 

Gremio Libertadores 29 nov 2017 Radio ESPORTESNET 003

 

Gremio Libertadores 29 nov 2017 Radio ESPORTESNET 004