A+ R A-

Pra Sempre Chape

     Há um ano...acordei e o dia não foi igual. Acordei sendo apunhalado pelo destino, com força e velocidade que deixaram uma cicatriz que não fecha.

     O "tal" do futebol, que para muitos é uma bobagem e para mim tem um valor além de simplesmente torcer me fez chorar de dor, a dor da perda.

     Que armadilha atroz do destino que me faz sentir 71 vezes a dor da perda, o vazio que só uma tragédia pode causar.

    Acordava para mais um dia. Tal como há um ano, os pássaros estavam em uma quietude perturbadora no entorno que não me dava conta do fato, me preparando para mais um dia, ligo o rádio e recebo aquela notícia que bateu forte como um golpe nocauteador: o time do céu ganhou reforço.

     Famílias devastadas pela força da ganância, pela atrocidade da materialidade que nos seres humanos nos impomos sem dar valor ao simples, dizer bom dia, como vai, obrigado...TE AMO. Palavras estas que muitos filhos, esposas e famílias não ouviram mais, pois foram destruídas para sempre.
     

     Que lições tiramos disso? São tantas que não sei enumerar. Mas sei de uma e a mais importante: valorize os amigos e ame a vida.

     Chape, sempre estará em meu coração, mais ainda, estará sempre em minha alma, lembrar que estava lá no Allianz Parque e acompanhei sua última partida, foi onde vi colegas que conheci alguns anos antes e que nem pude dizer o quanto são valiosos, agora digo em orações.

     Palavras são sempre palavras, que me levam a tentar traduzir o buraco que ficou aqui.
Vai Chape, vão heróis, alcem o vôo da eternidade e nos guiem para um mundo mais humano, onde vidas possam ser mais valorizadas do que o maldito dinheiro em um mundo onde a dor anda conquistando tanto espaço em detrimento do que?

     Ame mais, viva mais, está é a lição que os Guerreiros de Condá nos deixaram.

 

chapecoense2