A+ R A-

Exercícios em excesso podem até impedir a mulher de engravidar


Grávida exercícios

 

     Que exercícios regulares fazem bem à saúde não é novidade, todo mundo sabe. Mas, como todo excesso é negativo, o abuso de atividade física não fica atrás e também não é nada bom para as mulheres.

    Isso porque exagerar no treino pode influenciar diretamente no ciclo menstrual e diminuir a capacidade reprodutiva.

     Com a queima dos estoques de gordura, o corpo da mulher passa por muitas alterações. “O metabolismo muda e, junto com ele, os hormônios também sentem os efeitos dos exercícios abusivos. O que acontece é que os níveis de estrogênio diminuem, enquanto os de testosterona aumentam. Essa combinação pode bloquear a ovulação e desregular a menstruação”, explica o ginecologista Dr. Rubens Paulo Gonçalves.

 

gravidaI

    O caso, inclusive, é comum entre maratonistas, segundo o especialista. Qualquer pessoa que se submeta a altas cargas de atividades físicas, sejam quais forem, passando dos limites ideais, pode sofrer com essas mudanças no corpo.

    Dizer ao certo a quantidade indicada de exercícios é um desafio, já que cada pessoa apresenta uma condição corporal diferente. Contudo, o médico aconselha a seguir uma média. “As atividades são importantes e devem ser feitas de três a quatro vezes na semana, sem ultrapassar duas horas de duração. No caso de corridas, o melhor é que não passe de 6 km/h de cada vez, tudo sempre feito com moderação”, finaliza.

ESPORTESNET Saude Bem Estar

Matéria publicada no Portal Terra