A+ R A-

Cruzeiro aposta na experiência para desbancar o Boca na Bombonera

     O Cruzeiro inicia a disputa por uma vaga nas semifinais da Libertadores 2018, nesta quarta-feira (19), às 21h45 (horário de Brasília), com um grande desafio pela frente: desbancar o Boca Juniors na Bombonera. Para derrubar a invencibilidade recente do rival argentino em Buenos Aires e repetir o feito do Palmeiras – último clube a vencer na casa dos xeneizes (2 a 0, no dia 25 de abril) –, a Raposa aposta na experiência do elenco. Do grupo atual, nove atletas já encararam o Boca na Bombonera: Fábio, Fred, Sóbis, Henrique, Thiago Neves, Barcos, Romero, Mancuello e Cabral.

     Além dos companheiros argentinos, Thiago Neves também tem uma relação estreita com o místico estádio da América do Sul. Em 2008, o meia silenciou os xeneizes ao marcar o segundo gol do Fluminense no empate em 2 a 2. Na volta, o Tricolor bateu a equipe de Riquelme por 3 a 1, no Maracanã, e avançou para a final.

     Nesta temporada, o retrospecto cruzeirense como visitante em jogos eliminatórios é favorável. Líder do Grupo 5, o Cruzeiro alcançou as quartas de final da Libertadores ao superar o Flamengo-RJ no primeiro confronto. Na ocasião, o time mineiro abriu o confronto com vitória por 2 a 0 sobre os cariocas, no Maracanã. Na Copa do Brasil, ganhou do Atlético-PR, por 2 a 1, na Arena da Baixada, em Curitiba (oitavas); venceu o Santos, por 1 a 0, na Vila Belmiro (quartas); e bateu o Palmeiras por 1 a 0 no Allianz Parque (semifinal).

     O atual momento da Raposa em competições de mata-mata será favorável para o confronto das quartas da Libertadores. Por que, após ser derrotado pelo Palmeiras, pela quinta rodada do Grupo 8, o Boca Juniors emplacou uma série invicta na Bombonera. Ao todo, foram cinco triunfos no estádio, com 13 gols marcados e nenhum sofrido.

 

 

 

Cruzeiro Lucas Figueiredo CBF