A+ R A-

Felipe Drugovich contabiliza sete vitórias e 100% de pódios no Euroformula F3 Open

Líder isolado do campeonato, piloto brasileiro destaca alto nível de entrosamento com engenheiros e mecânicos da RP Motorsport

 

 

     A temporada de 2018 do Euroformula F3 Open concluiu na Hungria, no último domingo (8), a quarta das oito etapas de seu calendário. As duas provas que compuseram o evento no circuito de Hungaroring mantiveram a sequência de vitórias de Felipe Drugovich. O piloto brasileiro da RP Motorsport subiu duas vezes ao degrau mais alto do pódio e, líder isolado do campeonato, chegou à marca de sete vitórias e um segundo lugar em oito corridas.

 

     "Meu entrosamento com os engenheiros e os mecânicos tem sido muito bom, esse clima positivo ajuda muito no ótimo trabalho que fizemos até aqui", manifesta Drugovich. "Muitas vezes tomei decisões corretas, porque me deram essa liberdade. Isso não aconteceria se o clima na equipe não fosse tão bom, se não houver essa confiança entre piloto e equipe. Isso sem falar do set up do nosso carro, que esteve ótimo em todas as pistas", diz.

 

     A estreia de Felipe Drugovich no Euroformula F3 Open ocorreu na etapa de encerramento da temporada de 2017, disputada em outubro em Barcelona. Seu primeiro fim de semana na categoria foi marcado pela conquista da pole position para a corrida da estreia e da vitória na segunda prova. A vitória no circuito espanhol foi a vigésima da carreira do piloto brasileiro em duas temporadas de atuação no automobilismo internacional.

 

    Drugovich marcou 204 dos 216 pontos possíveis nas quatro primeiras etapas de 2018, um aproveitamento matemático de 94,44%. Nas oito corridas, anotou seis pole positions – largou em terceiro para a segunda corrida em Estoril e foi segundo no grid da prova final em Hungaroring. Também obteve bonificações de pontuação por volta mais rápida nas duas provas em Paul Ricard, nas duas em Hungaroring e na segunda em Spa-Francorchamps.

 

     A vantagem de 93 pontos sobre o vice-líder não altera o foco do brasileiro de 18 anos. "É uma condição que nos permite evitar assumir maiores riscos, mas só administrar essa margem não é algo que passe pela cabeça. Teríamos mais a perder que a ganhar com essa postura", pondera o líder da temporada, que evita as atribuições de favoritismo ao título. "Vamos continuar trabalhando com a mesma dedicação de sempre", acrescenta.

 

     A temporada do Euroformula F3 Open terá sequência em Silverstone, na Inglaterra, nos dias 1º e 2 de setembro. A etapa seguinte, no circuito italiano de Monza, terá suas corridas nos dias 22 e 23 de setembro. As duas etapas finais confrontarão os pilotos em circuitos espanhóis no mês de outubro: Jerez, nos dias 6 e 7, e Barcelona, nos dias 20 e 21. Felipe Drugovich compete com apoio de Drugovich Auto Peças, Alpinestars e Stilo.

 

EUROFORMULA F3 OPEN – CLASSIFICAÇÃO
(Pontuação do campeonato após 4 de 8 etapas)


1º) Felipe Drugovich (BRA/RP Motorsport), 204
2º) Bent Viscaal (HOL/Teo Martin Motorsport), 111
3º) Matheus Iorio (BRA/Carlin Motorsport), 105
4º) Marcos Siebert (ARG/Campos Racing), 93
5º) Cameron Das (EUA/Carlin Motosport), 79
6º) Guilherme Samaia (BRA/RP Motorsport), 54
7º) Alex Karkosik (POL/Campos Racing), 44
8º) Lukas Dunner (AUT/Drivex School), 27
9º) Jannes Fittje (ALE/Drivex School), 22
10º) Christian Hahn (BRA/Drivex School), 17
11º) Aldo Festante (ITA/Fortec Motorsport), 16
12º) Calan Williams (AUS/Fortec Motorsport), 14
13º) Petru Florescu (ROM/Fortec Motorsport), 11
14º) Leonard Hoogenboom (HOL/RP Motorposrt), 9
13º) Michaël Benyahia (MAR/RP Motorsport), 9
16º) Yves Baltas (EUA/Campos Racing), 8

 

Euroformula 3 ESPORTESNET 2018 002

Felipe Drugovich tem sido o principal destaque da categoria na temporada de 2018

 

Euroformula 3 ESPORTESNET 2018 001

Felipe Drugovich disputa o Euroformula F3 Open com o carro número 4 da RP Motorsport

 

Euroformula  3 ESPORTESNET 2018 001

O brasileiro Felipe Drugovich esteve no degrau mais alto do pódio em sete das oito corridas de 2018