A+ R A-

Com arbitragem polêmica e atuação impiedosa, Atlanta United goleia New England Revolution e embala na MLS

Com atuação impressionante ofensivamente , Atlanta vence a segunda seguida na nova casa

Por: Gustavo Tomazeli- Especial para o ESPORTESNET - Direto dos EUA

    Vindo de uma ótima vitória na primeira partida em seu novo estádio, o Atlanta United voltou a atuar no Mercedes-Benz Stadium e diante de mais de 42 mil pessoas, os donos da casa fizeram uma partida arrasadora e conquistaram uma ótimo resultado de 7 a 0 sobre o New England Revolution, rival direto na briga pelos playoffs da confêrencia leste da MLS.

    A equipe da Georgia começou pressionando e logo no segundo minuto, após ótimo passe de Miguel Almiron, Josef Martinez recebeu no lado esquerdo da grande área, cortou o zagueiro do Revolution e finalizou em cima do goleiro Cropper, abrindo o placar no Mercedes-Benz Stadium. Mesmo com a vantagem no marcador, os donos da casa continuavam na pressão em busca do segundo gol. 

    E a vantagem no placar, também ficou no numero de jogadores, já que o volante Xavier Kouassi foi expulso aos 16 minutos após entrada forte no argentino Yamil Asad. O Lance foi polemico, pois a expulsão só aconteceu em função do arbitro de video, que registrou o aconteciemento e o arbitro Baldomero Toledo expulsou o capitão do revolution cinco minutos depois do lance ter ocorrido .

IMG 4731
Jogadores comemoram o primeiro gol do Atlanta United em seu novo estadio (Foto: Reprodução/Atlanta United)


    Com um homem a mais, o time de Atlanta seguia pressionando, e aos 32 minutos, o voltante Carlos Carmona chutou de fora da área, a bola bateu no braço de Je-Vaughn Watson e o arbitro Baldomero Toledo assinalou a penalidade maxima, convertida de maneira perfeita por Josef Martinez, ampliando o marcador.

    Mesmo com dois gols de vantagem, o United seguia pressionando e após boa jogada pelo lado direito de Miguel Almiron, Josef Martinez finalizou na pequena área e a bola bateu no braço de Antonio Delamea e o arbitro assinalou o pênalti, mais uma vez com a ajuda do arbitro de video e novamente bem cobrado pelo camisa 7, fazendo terceiro gol seu e do Atlanta na partida. 

    E no finalzinho da primeira etapa o time do Atlanta chegou ao quarto gol com Anton Walkes, que aproveitou o cruzamento de Greg Garza pelo lado esquerdo e como elemento surpresa entrou na pequena área e chutou por baixo do goleiro Cropper.

    Na segunda etapa, com a grande vantagem dos primeiros 45 minutos, o time de Tata Martino continuava a ditar o ritmo da partida e chegava com facilidade no gol defendido por Cropper e desperdiçavam oportunidades de chegar ao quinto gol. Mas aos 25 minutos, Kevin Kratz, que havia entrado dez minutos antes no lugar de Jeff, cobrou falta perfeita no angulo esquerdo do goleiro Cropper, aumentando a vantagem.


    Três minutos depois, após falha bisonha do meio campista do Revolution Diego Fagundez, Yamil Asad recuperou a bola e finalizou rasteiro no canto direito de Cropper, ampliando a vantagem para 6 a 0. No último lance da partida, Miguel Almiron cobrou escanteio curto para Yamil Asad que cruzou na grande área, Josef Martinez dividiu com a defesa do Revolution e a bola sobrou limpa para Héctor Villalba, que chutou por cima do goleiro Cropper, finalizando o massacre em 7 a 0, maior goleada desta temporada na MLS.



IMG 4743Jogadores comemoram o setimo gol da goleada do Atlanta sobre o Revolution (Foto: Reprodução/Atlanta United)

  Agora, ambas as equipes atuam no sábado(16). O New England Revolution enfrenta o Sporting Kansas City as 21:30 fora de casa. Já o Atlanta United, que segue a sua serie de seis partidas seguidas no Mercedez-Bens Stadium, enfrenta o Orlando City SC as 17:00 na terceira partida seguida em seus dominios.

 

FICHA TÉCNICA

Atlanta United 7 x 0 New England Revolution

13 de Setembro de 2017
Estádio Mercedes-Benz em Atlanta

 


Atlanta United - 01. Brad Guzan / 4. Greg Garza (16. Chris McCann) / 5. Leandro Pirez (2. Tyrone Mears/ 3. Michael Parkhurst / 26. Anton Walkes / 14. Carlos Carmona / 18. Jeff Larentowicz (8. Kevin Kratz) / 
10. Miguel Almiron  / 11. Yamil Asad  / 15. Hector Villalba / 7. Josef Martinez 

Técnico: Gerardo "Tata" Martino

 

New England Revolution - 1. Cody Cropper / 19. Antonio Mlinar Delamea (15. Thomas McNamara) / 44. Claude Dielna(6. Scott Caldwell) / 2. Andrew Farell /  31. Je-Vaughn Watson /  4. Benjamin Angoua  / 12. Xavier Kouassi / 5. Gershon Koffie (10. Teal) / 14. Diego Fagundez  / 17. Juan Agudelo / 24. Lee Nguyen (9. Cristian Colmán)

Técnico: Jay Heaps

GolsAtlanta UnitedJosef Martinez(07) : 4, 31 e 39 do 1º tempo Kevin Kratz (8) 25do 2º tempo; Yamil Asad (11) 28do 2º tempo ; Héctor Villalba (15) 45do 2º tempo


Público42,511

 

Confira os gols da goleada do Atlanta United sobre o New England Revolution (Audio: Nossa Radio USA - Boston)



 

Reportagem pós-jogo com Gustavo Tomazeli