A+ R A-

Abre Aspas: Felipe Virolli, do Ranking dos Clubes Brasileiros, que o Santos é líder

 

 

     Essa semana abrimos aspas para um trabalho elaborado por Felipe Virolli, que criou o Ranking dos Clubes Brasileiros. Aqui ele explica de onde surgiu a idéia, os critérios de pontuação, a posição das equipes e ainda um convite para saber mais desse mundo que gera tanta polêmica no futebol brasileiro.

     Vagner: O que é o Ranking de Clubes Brasileiros?

   Felipe: O Ranking de Clubes Brasileiros (RCB) é um sistema de classificação do futebol brasileiro. Elaborado a partir de pesquisas, análises, cálculos e considerações matemáticas, o RCB tem como objetivo retratar a história do futebol brasileiro de maneira justa e coerente com a realidade dos fatos.

     Vagner: Como surgiu a idéia de criar um Ranking? É ligado a alguma instituição?

    O ranking é independente, não tem nenhuma ligação com clubes ou federações. Sempre gostei de história e rankings de futebol, e percebia algumas falhas em rankings famosos, como por exemplo o da Placar e da própria CBF, que antes das últimas mudanças valorizava mais o campeão da Copa do Brasil do que do Brasileirão. O meu ranking é fundamentado no que aconteceu ano a ano, ou seja, em alguns casos, as federações consideram uma coisa, e meus rankings consideram outra.

     Vagner: Como é elaborado o Sistema de Pontuação do RCB?

   Felipe: Elaborado a partir de pesquisas, análises, cálculos e considerações matemáticas, o RCB atribui pontuações condizentes com a importância dos principais torneios oficiais conquistados pelos clubes brasileiros. 

Veja abaixo as competições (todas oficiais) consideradas no RCB e suas respectivas pontuações.

•Principais Competições Mundiais - 90 pontos

Torneio Internacional de Clubes (1951);

Copa Rio (1952);

Copa Intercontinental (1960-1979);

Copa Européia/Sul-Americana (1980-2004);

Campeonato Mundial de Clubes (2005);

Copa do Mundo de Clubes (desde 2006);

•Outras Competições Mundiais - 45 pontos

Supercopa Intercontinental (1968);

Campeonato Mundial de Clubes (2000);

•Principais Competições Continentais - 60 pontos

Campeonato Sul-Americano de Campeões (1948);

Copa dos Campeões da América (1960-1964);

Copa Libertadores da América (desde 1965);

•Supercopa Libertadores (1988-1997) - 30 pontos;

Copa Mercosul (1998-2001) - 30 pontos;

Copa Sul-Americana (desde 2002) - 30 pontos;

•Copa Conmebol (1992-1999) - 20 pontos;

•Copa Ouro - 15 pontos;

Copa Master da Supercopa - 15 pontos;

•Copa Master da Conmebol - 10 pontos;

•Recopa Sul-Americana - 5 pontos;

•Principais Competições Nacionais - 50 pontos

Taça Brasil (1959-1967);

Torneio Roberto Gomes Pedrosa (1968-1970);

Campeonato Nacional de Clubes (1971-1974);

Copa Brasil (1975-1979, 1984 e 1986-1988);

Taça de Ouro (1980-1983 e 1985);

Copa João Havelange (2000);

Campeonato Brasileiro (1989-1999 e desde 2001);

•Copa do Brasil (desde 1989) - 25 pontos;

Copa dos Campeões (2000-2002) - 25 pontos;

Copa União (1987) - 25 pontos;

Taça Brasil (1968) - 25 pontos;

Torneio Roberto Gomes Pedrosa (1967) - 25 pontos;

Copa dos Campeões da Copa Brasil (1978) - 25 pontos;

Torneio dos Campeões do Brasil (1982) - 25 pontos;

•Supercopa do Brasil - 4 pontos;

•Torneio Rio-São Paulo - 15 pontos;

Taça Ioduran- 15 pontos;

Torneio Interestadual de Clubes (1920)- 15 pontos;

•Copa Sul-Minas - 9 pontos;

•Campeonato Sul-Brasileiro - 8 pontos;

Copa Sul - 8 pontos;

•Copa Cidade de Natal - 5 pontos;

•Copa/Torneio/Campeonato do Nordeste - 6 pontos;

Torneio José Américo de Almeida Filho (1976) - 6 pontos;

Copa/Taça/Torneio Norte-Nordeste - 6 pontos;

Copa dos Campeões do Norte/Nordeste - 6 pontos;

•Copa Centro-Oeste - 3 pontos;

Copa Norte - 3 pontos;

Copa Verde - 3 pontos;

•Principais Competições Estaduais

Campeonato Carioca - 10 pontos;

Campeonato Paulista- 10 pontos;

Supercampeonato Paulista - 10 pontos;

•Campeonato Gaúcho - 6 pontos;

Campeonato Mineiro - 6 pontos;

Supercampeonato Mineiro - 6 pontos;

•Campeonato Baiano - 4 pontos;

Campeonato Pernambucano - 4 pontos;

Campeonato Paranaense - 4 pontos;

Supercampeonato Paranaense - 4 pontos;

•Campeonato Catarinense - 2 pontos;

Campeonato Cearense - 2 pontos;

Campeonato Goiano - 2 pontos;

Campeonato Paraense - 2 pontos;

•Demais Estados - 1 ponto.

 

Vagner: Qual a classificação atual do Ranking?

 

Felipe:

 

Pos./Clube/Pontos

 

1° Santos 1120

2º  São Paulo 1075

3º  Palmeiras 1000

4º  Flamengo 910

5º Corinthians 899

6º  Cruzeiro 770

7º  Internacional 695

8º  Grêmio  676

9º  Fluminense 640

10º  Vasco da Gama  635

11º  Atlético Mineiro  463

12º  Botafogo 325

13º  Bahia  302

14º Sport  259

15º  Coritiba  198

16º Atlético Paranaense  142

17º  Vitória  138

18º Santa Cruz  128

19º  Paysandu 123

20º  Paulistano  120

21º América Mineiro  105

22º Náutico 96

23º Ceará  96

24º Fortaleza  93

25º America-RJ 90

26º Remo 88

27º  Goiás  61

28º ABC  53

29º Guarani 50

30º Ypiranga  46

 

     Vagner: Qual o endereço do site para que o torcedor possa entender mais do Ranking e das polêmicas?

     Felipe: Todas as polêmicas que consideramos ou desconsideramos, explicamos em nosso site: www.rankingdeclubes.com.br

 

 

topo rcb