A+ R A-

Seleção mostra força tática e técnica

 

     A seleção venceu mais uma. Até ai, até o Dunga obteve ótimas sequências positivas com a seleção, mas o ponto não é este.

    Ontem contra a frágil Bolívia foi mais que uma vitória, foi uma breve tendência de que o trabalho de Tite começa a dar cara a equipe brasileira.

     Mesmo com mudanças, Giuliano, Filipe Luís e outros o time manteve o padrão, mostrando tranquilidade e coerência tática. É bem verdade que o adversário ajuda, mas em todos os jogos de Tite, esta vem sendo a sua marca. Com o trabalho tático definido, jogadores como Neymar, Philipe Coutinho e Gabriel Jesus conseguem mostrar seu talento de forma mais objetiva e não ao estilo foca, que faz graça e não resulta em nada.

     Os mais de 30 mil torcedores que lotaram a linda Arena das Dunas viram uma seleção que joga bem, objetiva e da força e espaço também para a individualidade, marca do nosso futebol, a raiz de nossa cultura futebolística.

     Ser talentoso não é ser desleixado com a marcação e imaturo taticamente e Tite vai começando a mostrar isto. Se ira conseguir manter sempre não sei, mas a tendência é de que o equilíbrio tático e técnico da seleção só melhore.

     Claro que somos carentes de talentos com relação a outras épocas e os saudosistas vão ficar cantando versos e prosas de outros tempos...acho lindo, mas não podemos desmerecer alguns valores que temos atualmente, nossa raiz de talento e preciosidade não morreu, ela esta mal gerida. Neymar, Gabriel Jesus, Philipe Coutinho, Gabigol, Lucas Lima, Renato estão ai e não podemos desprezar, se não são a altura das mais nobres publicações, com certeza tera espaço no seu livro do ano.

 

Lucas Figueiredo CBF 06 de outubro de 2016 Brasil RAdio ESPORTESNET

 

 

No Tatico Fernando Alves Firmino ESPORTESNET 2015