A+ R A-

Corrida do milhão de volta a Interlagos

 

       Após alguns anos em Goiânia, a corrida do milhão retorna a Interlagos, onde em dezembro acontece a etapa final do campeonato que vem sendo muito disputado.

     Até aqui, metade da temporada já se passou. Seis etapas, contando a Corrida de Duplas que abriu o campeonato de 2016 em Curitiba. São, portanto, 11 provas disputadas - cinco etapas no sistema de rodada dupla - e oito vencedores diferentes. Só três conseguiram subir ao degrau mais alto do pódio mais de uma vez: Marcos Gomes, que venceu na capital paranaense ao lado de Antonio Pizzonia e depois em Goiânia; Max Wilson, primeiro colocado em Santa Cruz do Sul e Tarumã; e Cacá Bueno, vencedor no Velopark e em Cascavel.

    Felipe Fraga, Diego Nunes, Galid Osman, Júlio Campos e Rubens Barrichello também já venceram uma vez neste ano, em que praticamente metade do grid já subiu ao pódio. Foram 14 os competidores agraciados com a oportunidade de ocupar um dos três degraus mais cobiçados do esporte a motor, com destaque para Allam Khodair, que foi quatro vezes ao pódio nesta temporada. Curiosamente, Khodair é apenas o 13º colocado na tabela, o que destaca a importância da regularidade dos pilotos de se estar sempre entre os cinco ou dez primeiros nas corridas.

     Por isso, Fraga detém certa vantagem. Lidera o campeonato com 21 pontos de vantagem sobre o companheiro de equipe e atual campeão Marcos Gomes. Sua liderança apareceu em Santa Cruz do Sul, na quarta etapa. De Gomes para baixo, a volatilidade da tabela é altíssima: as posições se alternam a cada etapa de acordo com excelentes desempenhos de alguns e problemas de outros. Átila Abreu é prova disso - chegou a Cascavel na quarta posição e saiu do oeste paranaense apenas em décimo.

     Mas se por um lado nas rodadas duplas a estratégia teve papel fundamental, Interlagos terá tudo para ser um daqueles 'sprints' sensacionais. Corrida de um tiro só, sem inversão de grid. Quem chegar primeiro leva o Milhão de Reais.

 

Barrichello Stock Radio ESPORTESNET fabiodavini 11364

Barrichello venceu a prova em 2014. Créditos: Fábio Davini/VICAR