A+ R A-

Confira um pouco da realidade do futebol brasileiro

 

raio-x-de-jogadores-na-barreira-c2e12

 

     Segundo dados revelados pela CBF, o número de jogadores que ganham fortunas no Brasil não é o que a maioria pensa por conta da TV. A realidade é bem diferente, confira os dados. O que mostra o abismo que o futebol brasileiro vive, a má distribuição de renda não é só um fato do futebol, mas do país. Os atletas viram artistas circenses que jogam por cestas básicas, salário mínimo e promessas vazias. Por sua vez, os clubes em sua maioria veem campeonatos esvaziados pela má organização e precária estrutura enquanto as federações cada vez mais ricas. 

     Onde esta o erro? O primeiro passo é a falta de união entre os clubes no sentido de tomarem conta dos torneios para negociar melhores contratos publicitários, mais produtos e ações de marketing que chame o público em suas difenrentes condições e faixas sociais.

     Falta profissionais capacitados terem espaço no futebol para que possam trabalhar melhor o produto futebol.

     E por fim, faltam aos atletas que se organizem, não precisam de sindicatos, que só se interessam em roubar, mas sim de dialogo entre eles pelo fortalecimento da categoria. Além de ações efetivas do governo em formatação de leis que fomentem melhor o negócio futebol.

     Confira, abaixo, dados fornecidos pela CBF:

SALÁRIOS DOS JOGADORES

ATÉ R$ 1.000,00                                           23.238            82,40%

R$ 1.000,01 ATÉ R$ 5.000,00                      3.859              13,68%

R$ 5.000,01 ATÉ R$ 10.000,00                    381                 1,35%

R$ 10.000,01 ATÉ R$ 50.000,00                  499                 1,77%

R$ 50.000,01 ATÉ R$ 100.000,00                112                 0,40%

R$ 100.000,01 ATÉ R$ 200.000,00              78                   0,28%

R$ 200.000,01 ATÉ R$ 500.000,00              35                   0,12%

ACIMA DE R$ 500.000,01                            1                     0,00%

  1.                                                        28.203

 

TRANSFERÊNCIAS / 2015

BRASIL PARA O EXTERIOR

Atletas Amadores                                                      232

Atletas Profissionais  (TMS)                                      771

Atletas Profissionais Como Amadores (sai do Brasil como profissional

para atuar como amador em outro país)                  209

  1.                                                                        1.212

Transferências com valores                                     99

Valor total                                                                 R$ 679.740.600,00

EXTERIOR PARA O BRASIL

Atletas Amadores                                                      68

Atletas Profissionais  (TMS)                                      580

  1.                                                                        648

Transferências com valores                                     15

Valor total                                                                 R$ 114.387.000,00

 

REGISTRO / BALANÇO DE 2015

Contrato / Definitivo                         28.203

Vínculos Não Profissionais               22.782

Contrato / Empréstimo                    1.674

Rescisão de Contrato                      7.973

Rescisão Judicial                              131

Transferências Nacionais                 14.331

Clubes Profissionais                          776

Clubes Amadores                              435

Clubes Formadores                           27

Atletas Estrangeiros                          83

Intermediários                                   115

REGISTRO ATIVO / JANEIRO DE 2016

Contratos Ativos                               11.571

Vínculos Não Profissionais               18.341

Clubes Formadores                           42

Atletas Estrangeiros                          56